Com oferta menor, preço do leite sobe pelo segundo mês seguido

Preço do leite no campo volta a subir.

O valor pago ao pecuarista pela mercadoria entregue em dezembro foi de dois reais e três centavos o litro, na média.

Avanço de 1,2 por cento na comparação com o mês anterior, indica pesquisa da Universidade de São Paulo, a USP.

E existe a possibilidade de um repasse desse aumento para o consumidor, nos supermercados.

Mesmo assim, vale destacar que o leite ainda está 23 por cento mais barato que um ano atrás.

Até o novembro de 2023, as importações em alta e o aumento da produção tinham feito a oferta crescer e a cotação cair.

Agora, o cenário mudou, muito por conta do fenômeno El Niño, o que fez a cotação subir pelo segundo mês seguido.

Com problemas climáticos, como excesso de chuva no Sul do país e tempo quente e seco em áreas do Centro-Oeste, o pasto não se desenvolve da maneira ideal.

Isso prejudica a alimentação do rebanho, faz com que a produção de leite caia e puxa o preço para cima.

Uma opção para o criador de gado é investir mais em ração para os animais, porém, o aumento da despesa normalmente é repassado para o consumidor.

Sem falar que o atual patamar de preço do leite não é considerado atrativo para muito pecuarista, que cortou investimentos na cultura, o que também explica a oferta menor.

Autor:

Publicado em:

05/02/2024

Compartilhe:

Notícias Recentes:

Increva-se

Receba as últimas notícias, eventos e ofertas especiais diretamente em sua caixa de entrada.​