Alimentos sobem três vezes mais que a média e puxam custo de vida do brasileiro

Custo de vida do brasileiro volta a subir.

Na terceira medição do mês de março, o Índice de Preços ao Consumidor Semanal, o IPC-S, da Fundação Getúlio Vargas, avançou 0,22 por cento.

A boa notícia é o aumento tem perdido força nas últimas semanas.

A má é que os alimentos, que pesam bastante no orçamento das famílias, foram os vilões, mais uma vez.

Eles subiram 0,67 por cento, portanto três vezes mais que a média.

Destaque negativo para a cebola, com avanço de 18 por cento.

Enquanto a banana prata ficou nove por cento mais cara.

Aluguel, gasolina e plano de saúde completam a lista dos itens que mais puxaram o custo de vida pra cima, nos últimos dias.

O avanço só não foi maior por conta, por exemplo, da passagem de avião, da conta de luz e da batata, cujos preços caíram.

Autor:

Publicado em:

01/04/2024

Compartilhe:

Pesquisar Notícia

Increva-se

Receba as últimas notícias, eventos e ofertas especiais diretamente em sua caixa de entrada.​